Umbanda-candomblé

Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

FREQÜÊNCIAS DE VIBRAÇÃO

FREQÜÊNCIAS DE VIBRAÇÃO

Todo médium (ser vivente) ao reencarnar, traz consigo para controle do invólucro material, 3 (três) Freqüências de Vibração distintas, à saber:

  • Freqüência de Vibração Nominal
  • Freqüência de Vibração Operacional
  • Freqüência de Vibração de Transição

FREQÜÊNCIA NOMINAL: é a freqüência original de interligação do espírito encarnado e seu invólucro material.
FREQÜÊNCIA OPERACIONAL: é a freqüência original alterada, de acordo com a necessidade da Entidade à incorporar.
FREQÜÊNCIA DE TRANSIÇÃO: é o limite vibracional do Ser, que se atingida, ocasionará o desenlace material do Ser.

Frequências

No gráfico acima demonstrou-se os tipos de freqüências, com determinados valores numéricos somente para efeito de exemplificação, porquanto cada Ser vivente tem suas freqüências distintas e únicas.

A Freqüência Operacional é mais ou menos dez por cento abaixo da Freqüência de Transição. É na maneabilidade destas freqüências que se processa o desenvolvimento mediúnico. Suponhamos, para exemplificação, que determinada entidade (Egum) vibre numa faixa aproximada de 1.000 megas. Após a feitura de determinadas obrigações, banhos de descarga, etc., esta entidade é atraída sobre o médium, pela concentração do mesmo em combinação com o Ponto Cantado. Nessa primeira aproximação a Entidade faz um enorme sacrifício, para descer de sua vibração original de 1.000 megas, para 100k, para onde atrai a Freqüência Nominal do médium, que com isso tem alterados o ritmo cardíaco, o pulso e a temperatura. Assim que cessa o cântico, a Entidade retorna à sua vibração original, permitindo desta forma que a freqüência do médium retorne também à sua faixa nominal.

Na próxima vez em que o médium estiver em corrente vibratória de desenvolvimento, ao ser cantado o ponto específico daquela Entidade, o médium automaticamente passará, se bem concentrado, a vibrar na frequência de 100k, anteriormente alterada pela entidade, o que facilita a aproximação da mesma; quando do término do Ponto, a Entidade se retirará, deixando a alteração da Freqüência Nominal do médium dobrada (200k), para que o mesmo, da próxima vez vibre automaticamente nesta última freqüência. E assim se sucederá, tantas e quantas vezes necessárias for, para que o médium atinja a freqüência de operação ideal, quando então a Entidade já firmada, poderá manusear a sua máquina de transmissão sem embargos outros.

HÁ PERIGO DE VIDA NA INCORPORAÇÃO 
E DESINCORPORAÇÃO DE ENTIDADES?

Sim, pois se a Entidade opera idealmente a 10% da Freqüência de Transição do médium, qualquer quebra de corrente, pode provocar a ultrapassagem do limite operacional, atingindo a Freqüência de Transição e nesta ocasionando o desenlace (morte) do médium, pela ruptura do elo de ligação entre o Espírito encarnado e o corpo físico. No momento da incorporação, com a aproximação da Entidade, a Freqüência do médium sobe vertiginosamente, para atingir a sua faixa de operacionalidade, e uma quebra de corrente neste momento, provocará a ausência do Dreno no momento propício ao equilíbrio da Freqüência Operacional.

Por outro lado, é igualmente perigoso, com risco de vida, uma quebra de corrente no momento exato em que a Entidade solta o médium a 10% de sua Freqüência de Transição; poderá ultrapassar a dita freqüência, em vez da tendência natural de baixar, ocasionada pela elevação da freqüência, na dita quebra de corrente. Há que se lembrar que a expansão da freqüência é bilateral (Positiva e Negativa) pois que ao atingir o médium sua freqüência de operação positiva, para a incorporação das Entidades necessárias à determinado trabalho, atingirá também a sua freqüência de operação negativa, por meio da qual trabalhará o empregado, o capangueiro, o Exú, enfim o elementar predestinado ao trabalho de SAPA (vide gráfico na codificação de freqüências).

Ao atingir a sua freqüência de operação, é dispensável ao médium que se preocupe se tem ou não Consciência, porquanto, a consciência, a semi-inconsciência e a inconsciência são fatores dependentes diretos do Grau de Evolução do médium, ficando destarte independente da freqüência de operação.

ENCOSTO: É a vibração de uma freqüência negativa sobre o Ser, superior à sua Freqüência Nominal positiva, neutralizando-a.

POSSESSÃO: É a vibração de uma freqüência negativa que atinge o Ser no ponto exato da sua freqüência nominal negativa, tentando substitui-la.

Tudo na vida é a resultante de duas forças antagônicas. Assim também o é na missão mediúnica.

A ATRAÇÃO (positiva) e a REPULSÃO (negativa) geram na vida material do Ser, uma resultante, conhecida como PERSONALIDADE.

Na missão mediúnica, estas duas forças antagônicas geram uma resultante conhecida como GRAU DE EVOLUÇÃO.

 


CODIFICAÇÃO E DESCRIÇÃO DAS DIVERSAS FREQÜÊNCIAS QUE ATUAM SOBRE OS SERES ENCARNADOS

Gráfico explicativo
Gráfico explicativo
Descrição
A Freqüência
+10 -10
Chama-se Freqüência Nominal, ou seja a normal do ser vivente
B Freqüência
+20 -20
Início do desenvolvimento, incidência da 1a Vibração Espiritual recebida
C Freqüência
+30 -30
Desenvolvimento ativado. Freqüência só apresentada na 4a ou 5a vez em que a Entidade vibra sobre o médium
D Freqüência
+30 -10
Elevação demasiada da freqüência, é marcada pelo enlevo do médium, na tentativa de tornar-se só positivo, prejudicando destarte o equilíbrio indispensável; Também pode ser considerado comoAnimismo
E Freqüência
+10 -10
Freqüência Nominal, após o início do desenvolvimento. Nota-se o espaçamento entre os ciclos, demonstrando o estado de relaxamento quer material, quer espiritual do ser encarnado
F Freqüência
+10 -30
Quebra de Corrente. Quando o médium trabalha com o seu lado negativo, a freqüência semelhante
G Freqüência
+30 -30
Incorporação comprovada, dando condições para a prática da caridade. Nota-se as freqüências positivas e negativas exatamente idênticas, assim como o espaçamento entre os ciclos. É neste estado, também chamado de harmônico que a entidade pode encaixar e firmar a harmônica da sua própria freqüência, e assim permanescer enquanto necessário for
H Freqüência
+10 -10
Aparente freqüência nominal do médium apresentada na ocasião do desencaixe da harmônica de freqüência da entidade. (Desincorporação - 1a fase)
I Freqüência
+10 -10
Descarga provocada pela saída da harmônica da entidade, reverberação necessária ao reaparelhamento da freqüência nominal do médium. (Desincorporação - 2a fase)
J Freqüência Freqüência nominal do médium, após o trabalho espiritual

Item C - Também chamada FREQÜÊNCIA ALFA ou o desligamento do mundo material.

Item G - Também camada FREQÜÊNCIA TETRA ou o isolamento total e temporário do mundo material (Relaxamento ou Transe), o qual pode durar por horas.

Itens H+I+J - Este movimento de freqüências é normalmente executado em conjunto não excedendo mais do que um segundo do nosso tempo, medido no planeta.

Cada freqüência de vibração, pode gerar harmônicas, sub-harmônicas e micro-harmônicas, etc. que serão transformadas por si só em:

 

  • 7) Freqüência de Atração
  • 6) Freqüência de Aglutinação >LI>5) Freqüência de Condensação
  • 4) Freqüência de Refração
  • 3) Freqüência de Reverberação
  • 2) Freqüência de Potencialização
  • 1) Freqüência de Desintegração

que resumem a Força Potencial de um Espírito.

Quando enclausurado na matéria, esquece umas, exerce outras e desconhece a maioria.

Cabe portanto ao ser encarnado que quer fazer pleno uso conciente do seu Livre Arbítrio, através do poder de sua vontade, conhecer, aprender, exercitar e usar dentro das necessidades, as diversas vibrações da Força Potencial do seu Espírito, que deverá ser feita:

 

  1. Através do seu cérebro
  2. Através dos seus sentidos (5 materiais e 2 dois sensoriais {Vidência e Clarividência})
  3. Através da necessidade da ajuda a ser dada à outrem

 


Aruanda

 

INFLUÊNCIA ANUAL DOS ORIXÁS E REGÊNCIAS

Todos os Orixás atuam sobre os seres encarnados durante todo o Período de um Ano, porém de maneira mais acentuada nos seus espaços de atuação direta, à saber:

ORIXÁESPAÇO DE ATUAÇÃO ACENTUADAATRIBUTO
OXALÁ De 17 de dezembro (A Anterior) à 07 de janeiro (A Posterior) FORTALEZA
OXÓSSI De 08 de janeiro à 14 de fevereiro CONSELHO
XANGÔ De 15 de fevereiro à 05 de abril SABEDORIA
OGUM De 06 de abril à 02 de maio JUSTIÇA
ALMAS De 03 de maio à 28 de maio PUREZA
XANGÔ De 29 de maio à 05 de julho SABEDORIA
NANÃ De 06 de julho à 04 de agosto RESPEITO
IEMANJÁ De 05 de agosto à 17 de setembro RESPEITO
IBEJI De 18 de setembro à 12 de outubro ENTENDIMENTO
XANGÔ De 18 de setembro à 22 de outubro SABEDORIA
ALMAS De 23 de outubro à 18 de novembro PUREZA
OXUM De 18 de novembro à 10 de dezembro RESPEITO
IANSÃ De 18 de novembro à 10 de dezembro RESPEITO
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
VOTE NA ENQUETE
Você acredita em Vida após a morte?
Sim acredito...
Não acredito ...
Ou a vida acaba na morte.
Ver Resultados

Rating: 3.1/5 (2229 votos)



ONLINE
5